A Taça é nossa !

                O país todo vive o clima da copa do mundo de futebol que se realiza no Brasil. Ser campeão e levantar a taça é uma aspiração que o povo almeja neste campeonato. Todo o esforço para conseguir este objetivo de levantar a taça, como senso de equipe, motivação, otimismo, clima fora da competição entre outros, mas o que realmente vai definir a vitória é quando a equipe entra em campo e supera seu adversário.
                A vida cristã nos proporciona uma competição sempre, estamos sempre entre escolhas que vão definir o nosso futuro, se vamos “levantar a taça”, ou se vamos ceder ao mal.

                Diariamente estamos definindo o nosso futuro, e hábitos que carregamos na nossa vida cristã definem se estamos conquistando o caminho que temos por objetivo ou se estamos nos distanciando de daquilo que Deus nos estabeleceu. Há uma luta travada constantemente que nos define, e alimentar o nosso espírito está como um pré-requisito para que possamos sair vitoriosos. De um lado lutamos para nos mantermos íntegros e santos, e por outro lado o nosso adversário sempre querendo nos derrotar.
A Palavra de Deus nos alerta sobre os perigos:
“Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar,  resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.” 1 Pedro 5:8 e 9
Mas por outro lado, temos que nos concentrar naquilo que o Senhor fez por nós, e que a sua palavra, nossa atitude de oração, nossos hábitos em buscar um relacionamento com Deus, nos fornece porções diárias para uqe possamos resistir ao assédio que nosso adversário investe em nossas vidas o tempo todo.
 “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno.” 1 João 5:18 e 19
Portanto, a nossa vida tem um final decidido, pago por um alto preço, cabe a nós mantermos e desfrutarmos de uma vitória que já foi vencida pelo nosso Senhor, e no final poderemos levantar a nossa taça, que não dependem de tantos fatores como o futebol, mas apenas de conservamos nosso caráter integro e santo diante do nosso Deus.

Que Deus nos ajude.

Deixe uma resposta