Caderno de Esportes

Sou um verdadeiro fã de esportes. Gosto da completividade que eles geram que até certo ponto é muito saudável. Tento acompanhar de perto o máximo possível, e é claro que praticar também.

Em toda modalidade alguém se destaca, vira um padrão para os demais praticantes, e se ganha o carinho dos fãs não só com atuações de alto nível, superando desafios e marcas, mas também fora de campo(quadra, piscina, pista, etc). A conduta de um atleta classe A com certeza irá fazer dele um exemplo, ou muito bom, ou muito ruim para se espelhar.

Infelizmente temos os dois tipos. Podemos citar Garrincha que foi um dos maiores gênios da bola e acabou na sarjeta. Ou Louis Armstrog que usou doping durante quase toda a carreira “vitoriosa” e foi descoberto e passou de lenda do esporte á fracasso esportivo.

Podemos dizer de grandes atletas também como Michael Jordan que é considerado o maior jogador de basquete da história, e é um exemplo no aspecto dedicação:

Não importa qual seu esforço ao longo do caminho, o que importa é que tenha algo no final.

“O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos.”

Eu posso aceitar a falha, todos falham em alguma coisa. Mas eu não posso aceitar não tentar.

Você tem que esperar coisas de você antes que possa fazê-las. Michael Jordan 

E como esquecer de Zico e suas cobranças de falta memoráveis, até porque eu não era nascido e elas são comentadas até hoje. E também Oscar o maior cestinha que os jogos olímpicos já viram. Isso causou o apelido “mão santa”, que ele comentou muito sincero sobre:

“Mão santa nada, mão treinada.”

Não existe talento sem treinamento.

Pessoas que fizeram do esporte mais que uma atividade, fizeram dele a razão de suas vidas. Podemos dizer que ser cristão praticamente um esporte. Nós somos os atletas estamos numa corrida para chegar no fim e receber uma corroa incorruptível, e temos obstáculos, dificuldades, inimigos, mas ser Cristão é mais que correr a corrida da vida, ser de Cristo é a nossa razão de viver(Gl 2:20), e é um privilégio correr por essa equipe.

Nunca vou me esquecer da maratona das olimpíadas de Atenas 2004, onde o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima liderava a prova que é considerada uma das mais importantes até que um homem que assistia a corrida o interrompeu e retirou pra fora da pista, mas ele voltou e concluiu a prova. Ele não chegou em 1º, mas não desistiu do seu objetivo que era terminar a corrida. Não reclamou e nem condenou o homem que o atrapalhara, ele o perdoou.

As vezes agente encontra obstáculos e pensa em desistir mas Jesus nos diz:

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.  Jo 16:33

Assim como os exemplos de atleta que vimos, nós também podemos ser Cristão de alto nível, através da pratica da palavra e do cremos! E dessa forma sermos referência para os demais.

Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza.  I Tm 4:12

Se quiser dê uma olhada nesse testemunho do Kaká, um jogador de futebol que é um exemplo dentro e fora de campo! clique aqui.

Boa semana!!!
Que Deus te abençoe!

Deixe uma resposta