O maior ombro amigo

Uma das maiores inverdades que permeiam o meio cristão é que aquele que serve ao Senhor não tem direito de chorar ou de ficar triste com uma situação. Dizem que se algo de ruim ocorre é culpa do pecado e que foi Deus castigando nossas ações.

Aqueles que isso o fazem são os famosos “encapetadores” de problemas. Dando até um poder maior ao diabo do que realmente ele tem.
Sim, a Palavra de Deus nos ensina que se confiarmos n’Ele o mais Ele fará, e também que devemos nos alegrar sempre no Senhor, contudo também mostra que Jesus mesmo chorou e que Cristo explicita a seus discípulos que no mundo passariam por aflições, porém que tivessem animo, já que Ele vencera o mundo.

Uma das promessas mais lindas da parte de Jesus aos seus seguidores é a predição da vinda do Espírito Santo de Deus, chamado por Cristo de o Consolador.
Ele dissera isso aos seus, pois sabia que partiria em breve. Sabia que eles sofreriam muito ao vê-lo morrer, ao verem seu mestre sendo entregue de maneira “repentina” e dolorosa para padecer por todos, inclusive pelos que o culpavam.
Mesmo após ressurreto tinha convicção que os seus precisariam de ajuda para caminhar. E assim Deus enviou ao mundo (na data celebrada no dia de hoje) o seu Santo Espírito, para que consolasse todo choro, toda amargura e os fortalecesse para uma grande obra que estava por vir.
A parte mais linda da história não acaba ai, não, pelo contrário, ela segue até os dias de hoje, onde esse mesmo Consolador se dispõe a nos guiar e nos dar forças para seguir o Caminho da Verdade.

“Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados”. (Mt 5:4)

Se tens passado por problemas, angustias, ou até não sabe quando essa situação vai mudar para melhor, saibas que existe um Deus que quer te ajudar, quer enxugar as suas lágrimas e te colocar no colo para tratar suas feridas.
O mundo é cruel, perdemos muita coisa, assim como os discípulos pensaram que tinha perdido a Cristo, contudo Deus nos promete que nem um fio de nossa cabeça cairá sem que Ele permita. O que temos que aprender é para quem dirigir essas nossas tribulações. Ou melhor, aprender Quem deve dirigir a nossa vida.
Por mais que seja duro e amargo, Ele estará ao nosso lado, Ele quer ser o nosso ombro amigo, para entrarmos no nosso quarto e chorar diante da sua presença, e chegar ao altar de Deus e deixar todo nosso peso, nossos medos e fraquezas, para que Ele trabalhe em nós de maneira maravilhosa.
E quem sabe um dia entender, assim como Paulo entendeu, que quando passarmos por qual for o problema olharmos para Deus e saber que Ele nos fortalece.

Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. (II Co 12:10)

Tenha uma ótima semana no Consolo do nosso Deus. E lembre-se que, nesse dia, a quase 2000 anos atrás o derramar do Espírito Santo na terra mudou a vida de milhares de pessoas e pode, da mesma forma, mudar hoje a sua história.
Abraços!
fb.com/InfiltradosNoMundo

@infiltradosINM

Deixe uma resposta