Qual o caminho ?

Somos desafiados a todo o instante a sermos alguém com personalidade própria e ao mesmo tempo temos o “compromisso” de acompanhar nossos amigos em tudo que fazem. Um dilema certo é quando sabemos qual o limite pra negociarmos nossos valores, e cultivar amizades?
Nem todas as pessoas que conhecemos compartilham das mesmas idéias e mesmas crenças , e principalmente dos mesmos valores que temos, e para chegar a decisões a cada ato e cada fato que nos ocorre, temos que estar afiados a respeito daquilo que está em nós, e pra decidir são nossos valores que precisam se destacar, e nem sempre é isso que nos ocorre.


Como cristãos temos um compromisso de sermos fiéis à aquilo que Deus nos estabelece em Sua Palavra, a biblia que é nosso manual de fé e pratica.

Muitas vezes não sabemos qual o limite da nossa permissividade, e nem percebemos que isso nos leva aos poucos ao pecado. Sempre nos preocupamos com aquilo que realmente parece mal, e esquecemos das pequenas permissões que damos no nosso dia a dia, que nos leva ao mal de poucos em poucos. Temos que nos lembrar que uma árvore nasce de uma pequena semente, assim como o mal dentro de nós, nasce de um pequeno desvio achando que não tem nenhum problema, mas depois se transforma e torna-se parte da nossa essência.
Para distinguir entre as coisas de Deus, é só o buscarmos e não darmos lugar ao inimigo , que ai todas as coisas que nos levam a pecar, são sempre um segundo plano em nossas escolhas, pois Jesus, está sempre no nosso coração e governando a nossa vida.

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.Tiago 4:7

Que Deus nos ajude.

Deixe uma resposta