Corpo em questão

Parte 1: Nosso corpo é o templo do Espírito Santo.

(I Corintios 6:19) – Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos

É triste como algumas passagens Bíblicas vão sendo esquecidas com o tempo… ou como algumas passagens Bíblicas são tratadas com menos importância que outras… Podem ter sido faladas pela mesma pessoa, estar no mesmo livro e no mesmo capítulo da Bíblia, ainda sim seguimos um versículo a risca e deixamos o outro de lado. É triste ver como somos seletivos quanto aos princípios e mandamentos que Deus nos deixou…

Durante toda nossa vida Deus só nos dá 1 corpo, então devemos cuidar bem dele. Se Deus nos diz que nosso corpo é o templo do Espírito Santo isso quer dizer que, literalmente, nosso corpo é o templo do Espírito Santo! Pode procurar no Grego, no Latim, no Hebraico! E isto é sério! Tipo, muito sério! E envolve tudo, o que vestimos, como nos movimentamos e também do que nos alimentamos.

Ter uma dieta saudável, por exemplo, não deveria ser só a preocupação do Nutricionista ou de quem está de regime. Ter uma dieta saudável é cuidar do templo do Espírito Santo! Assim como fazer exercícios físicos também o é.

(Romanos 12:1) – ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional

Aquilo que denigre o nosso corpo está afetando o templo. Seja um acessório abusivo ou um decote muito ousado. Seja uma alimentação ruim ou uma ociosidade. Lembre-se disso!

Parte 2: Tem também a cultura…

(I Corintios 6:12) – Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.

Eu não cuspo no chão da minha casa, pois na minha percepção isso seria um ato ridículo, contra o meu lar.
Uma falta de respeito. Mas não duvido que em algum canto do Globo isso não seja nada de mais.

Isso é uma questão de cultura. E, portanto, conhecendo também a nossa cultura, devemos tomar cuidado para não escandalizar o próximo. Minha namorada, por exemplo, vive em uma cultura onde usar brinco é mal visto, é como denegrir o Templo do Espírito Santo. Então ela não usa brinco não por ser errado, mas para não escandalizar o próximo. No entanto, eles usam algumas roupas que são completamente normais naquele país e que não convém usar onde eu moro. Eu falei pra ela que não deveria usar estas roupas quando estivesse aqui, e tenho certeza de que ela não gostou da ideia, mas entendeu e aceitou pois mais do que satisfazer sua vontade, quer glorificar a Deus com o que usar. Ou ainda, quando eu estava no país dela, descobri que não pegava bem usar bermuda florida na cidade (rs!), mas aqui isto é perfeitamente ok.

Ou seja, saiba onde você está, peça a Deus por discernimento e não seja uma pedra de tropeço para o irmão!

Deus te fez assim e Ele não se engana. Tenha valor em como Ele te fez. Você não depende dos “apetrechos”/tatoos/roupas para ter mais valor. Pelo contrário, estes é que precisam de você para que tenham algum valor.

Lembre-se: não é o que você usa que te deixa mais bonito(a). Mas talvez você é que esteja embelezando seu acessório.

Só quem conhece teu coração é você e Deus. No fundo, se você for honesto, você sabe quais suas intenções para usar/fazer isso ou aquilo. Portanto, mantendo essa honestidade, tenha plena certeza em seu coração de que está glorificando a Deus com o que use ou faça com o templo o qual está sob sua responsabilidade.

(I Corintios 6:20) – Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus

Deus abençoe!

2 thoughts on “Corpo em questão

  1. Pingback: Lembra do Freddy Krueger? Então... - Infiltrados no Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *